Como guardar as fraldas do bebê

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A dúvida de como guardar as fraldas do bebê surge quando ela começam a chegar. Certamente, um dos maiores prazeres da gravidez é preparar o enxoval do bebê. 

Cada roupinha mais fofa que a outra, cada item escolhido a dedo para decorar o quartinho.

Entre um mimo daqui e outro mimo dali, as futuras mamães tentam pensar em tudo. Onde irão guardar as fraldas, as roupas, as mantas, paninhos de boca, meias , toucas e etc.

E então… vem o Chá de Fraldas!! Aquele evento organizado com muito amor! Afinal, é a primeira “festinha” para aquele ser que está chegando para bagunçar e completar a sua vida. 

É um momento em que recebemos o carinho da família e dos amigos, todos na expectativa da chegada do baby. Uma energia positiva tão deliciosa, que nenhuma futura mamãe deveria deixar de sentir.  

Depois do evento, aparece um probleminha que, provavelmente, você ainda não tinha se preparado: onde e como guardar as fraldas que ganhou de presente? 

É sério isso! Nada faz mais volume do que pacotes e mais pacotes de fraldas! E haja espaço para estocar tanta fralda!

Para não deixar o lindo quartinho do bebê todo “entulhado” e avacalhar com sua decoração, algumas dicas são bem valiosas.

Guardar as fraldas em caixas 

Elas são práticas e é uma das formas mais bonitas de organizar e guardar as fraldas. As caixas organizadoras são itens obrigatórios nos quartos de bebê e o mais interessante é que, além de úteis, elas dão aquele toque na decoração. 

Lembre-se que, para não poluir visualmente o quarto, o ideal é que as caixas estejam integradas com toda a decoração. 

A dica é combinar as estampas e as cores que foram usadas no projeto do quarto, deixando tudo em harmonia. As caixas podem ser usadas de várias maneiras. Vejamos algumas:

Nas prateleiras 

Ao projetar um quartinho de bebê, acontece com freqüência das mamães optarem por colocar uma cômoda, que servirá tanto para guardar as roupinhas e outros itens, como também para apoiar o trocador. Acima dessa cômoda, é um lugar ideal para colocar prateleiras. E é aí mesmo que podem ficar as caixas! Nessas caixas você pode guardar as fraldas que usará primeiro, como as de tamanho RN e P.

Embaixo do berço ou cama

Com tanta coisa para guardar, é bom aproveitar cada espaço! E se você prefere que as caixas fiquem mais escondidas, fica aqui nossa dica! 

No chão  

Você também pode colocar as caixas decorativas no chão perto do berço, da cômoda ou naquele cantinho vazio, e enchê-las de pacotes de fraldas. 

Elas decoram o quarto, e são úteis tanto nessa primeira fase do bebê quanto depois. Inicialmente servirão para guardar as fraldas e depois, poderão servir para a criança guardar seus brinquedos!

Além de caixas, os baús também são uma ótima ideia! Veja sobre opções de caixas decorativas aqui.

Sobre o guarda-roupas  

Se tiver um guarda-roupa no quarto do bebê, é possível colocar as caixas sobre esse ele. 

Outras dicas 

Se ainda assim sobrarem pacotes de fraldas para serem guardados, comece a colocá-los em outros lugares da casa, como no quarto dos pais, na área de lavanderia e em qualquer espacinho que encontrar.

Conforme as fraldas que estão no quarto do bebê forem acabando, vá reabastecendo com os pacotes que estão em outros cômodos. 

Se mesmo com as dicas acima, você não conseguiu guardar todos os pacotes de fraldas, agora o jeito é pedir a algum parente ou amigo que tenha um espaço sobrando em casa e pode ajudar a guardar as fraldas. 

Em cidades maiores, o hobby box é uma alternativa. Foi a escolha feita pela doutora em nutrição, Gabriela Costa. 

“Quando vi a metade do lindo quartinho da Beatriz entulhado com os inúmeros pacotes de fraldas que havia ganhado no chá, precisei buscar alguma solução”, disse Gabriela. 

Como hoje os apartamentos estão cada vez mais compactos, é natural os pais encontrarem dificuldade para guardar tanto volume de pacotes de fraldas.

E pensando nisso, o iFraldas inovou ao criar a possibilidade de se montar um site para o chá de fraldas ou chá revelação, onde os convidados compram pacotes de fraldas virtuais e os pais recebem o valor correspondente em dinheiro. Genial, não é? 

Assim podem ir comprando aos poucos, na medida da necessidade, da marca que o bebê melhor se adaptar, e sem ficar atravancando a casa!

Dica extra: Como guardar as fraldas nas gavetas

Dicas sobre como guardar as fraldas do bebê em gavetas
Gaveta com espaços organizadores para guardar as fraldas e outros itens do bebê

Se você tiver uma cômoda com trocador, separe a primeira gaveta para guardar as fraldas que logo serão usadas. Isso facilita na hora da troca. Outros itens também podem ser guardados nessa gaveta, como pomadas para assaduras e lenços umedecidos. 

Uma das principais coisas é ter as fraldas sempre à mão. Portanto, tire-as do pacote! Nada de deixar o pacote aberto e ficar se atrapalhando para pegar uma fralda com uma só mão. Afinal, com a outra você estará segurando o bebê, certo? 

Para que tudo fique ainda mais organizado, a sugestão é colocar as fraldas dentro de caixas ou cestas abertas na gaveta para separá-las dos demais itens. 

E atenção! Durante a organização, atente-se às  datas de validade das fraldas; utilize sempre aquelas com prazo menor na frente. 

Quando se trata de organizar e guardar as fraldas, é fundamental pensar na praticidade. 

Comece essa organização o quanto antes, pois o anjinho pode chegar antes do previsto. E assim, já fica tudo prontinho para a chegada dele! Mamãe já vai pode mostrar ao papai e às demais pessoas que irão ajudar onde estão todas as coisas do novo membro da família. 

Quer ganhar fraldas, mas não quer fazer “festinha” de chá de fraldas? Aproveite e leia este post.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tarifas e prazos

Tarifas

No intuito de prestar o melhor serviço para nossos clientes com alta tecnologia e segurança, o iFraldas retém um percentual de 7,99% sobre o valor das fraldas virtuais recebidas. Além disso, se o seu convidado efetuar o pagamento por meio de cartão de crédito, o Pagar.me (intermediadora de pagamento) cobra um percentual de 3,99%, ou, no caso de boleto bancário o valor de R$ 3,80 por boleto pago.

Quando da solicitação do resgate, informamos que não é cobrada taxa para a transferência. No entanto, a partir do segundo resgate, caso ocorra, será cobrada a taxa de 7,90 reais por transferência.

Prazos

O prazo para resgate das transações realizadas por boleto bancário é de 3 dias úteis. O prazo para resgate no caso de transações realizadas por meio de cartão de crédito é de 33 dias corridos. Em ambos os casos, o prazo para o iFraldas realizar a transferência dos valores é de 3 dias úteis, a partir da data de solicitação.