12 semanas de gravidez: Tudo que você precisa saber

Tabela de conteúdo

As 12 semanas de gravidez, provavelmente, são as mais esperadas pelas mães, pois se chega ao final do terceiro mês de gestação e o risco de aborto espontâneo reduz consideravelmente. Elas já podem respirar aliviadas e voltar à rotina, com a liberação do médico, é claro.

Neste período, também é possível ver o bebê nas imagens do ultrassom, já que está grande o bastante para ser visto por todos da família.

Se você está entrando na 12ª semana de gestação, saiba tudo sobre esse momento tão importante para você, seu bebê e sua família. Acompanhe!

O que acontece com o bebê nas 12 semanas de gravidez?

Vamos falar agora sobre as principais mudanças que acontecem com o feto dentro da barriga da mãe:

Nessa fase, os órgãos do bebê já estão completamente formados, e a partir de então vão crescer e desenvolver mais até o final da gestação. Diversos órgãos já começam a funcionar e a produzir as próprias substâncias.

Por exemplo, a glândula hipófise, localizada no cérebro, produz uma série de hormônios que vão ajudar a regular os sinais vitais da criança e também uma série de outros processos metabólicos. Outro exemplo, é a medula óssea que já começa a produzir células que fazem parte da composição do sangue como os glóbulos brancos e vermelhos.

É também nessa fase que, apesar de a mãe não perceber, o bebê já começa a fazer uma série de movimentos como:

  • Bocejar;
  • Abrir a boca;
  • Soluçar;
  • Engolir líquido amniótico;
  • Se movimentar de maneira mais ativa.

A placenta também já se encontra completamente formada e o cordão umbilical passa a se desenvolver cada vez mais, tornando-se fino e alongado.

Confira algumas outras mudanças pelas quais o bebê passa ao final dessas 12 semanas de gravidez:

  • A pele é transparente;
  • As cordas vocais se formam;
  • Os primeiros fios de cabelo começam a crescer;
  • Os ossos começam a ficar mais resistentes;
  • O intestino — que era uma continuação do cordão umbilical — começa a se deslocar para o local correto, ou seja, dentro do abdome do bebê.
 
E uma informação que muitos desejam saber é o tamanho da criança nessa fase da gestação. O seu pequeno tem apenas de 5 a 6 cm de comprimento, ou seja, é mais ou menos do tamanho de uma ameixa e pesa apenas de 8 a 14 gramas.
12 semanas de gravidez: Conheça esta fase da gestação.

Outra mudança interessante da criança nessa fase é o crescimento das unhas. Os leitos ungueais estão formados, então, é natural que as unhas comecem a crescer. Aliás, alguns bebês nascem com as unhas tão grandes, que precisam ser cortadas logo depois do parto.

Sobre o sono do bebê, saiba que ele já possui um período de descanso ao final dessas 12 semanas de gravidez. Sim, o sono já começa dentro da barriga da mãe, mas ele ainda não possui um ciclo circadiano próprio, ou seja, ainda não possui uma regulação própria do tempo em que fica acordado ou dormindo. Normalmente, ele acompanha o ciclo da mãe.

Assim, durante o dia, ele estará mais ativo e se movimentando mais. Durante a noite, quando a mãe dorme, ele também estará mais quieto

Quais as mudanças no corpo da mulher com 12 semanas de gravidez?

Não só a criança passa por mudanças, mas também o corpo da mãe. À medida que a criança vai crescendo, a barriga da mãe acompanha esse crescimento, e o útero passa a ocupar todo espaço da pelve e se projeta para frente. Isso significa que nesta fase, a pressão que o útero exerce sobre a bexiga pode ser menor e assim, a gestante passa a sentir menos vontade de ir ao banheiro.

Há também outros pontos positivos como uma redução significativa dos enjoos matinais e da sensibilidade nos seios. Um sinal dessa época da gestação que pouco se comenta é o fato de que pode haver sangramento nas gengivas ao escovar os dentes ou na hora de passar o fio dental, e o motivo é simples: há um aumento tanto nos hormônios da gestação como também no volume de sangue. 

Para tentar resolver esse problema e evitar os sangramentos gengivais, existem algumas dicas que são muito úteis e vão ajudar a gestante:

  • Use escova de dentes extra-macia;
  • Escove os dentes regularmente e continue usando fio dental, pelo menos, 1 vez por dia (de preferência, antes de dormir);
  • Vá ao dentista regularmente, ou seja, a cada 6 meses para ações preventivas e limpeza.
12 semanas de gravidez bebe blog ifraldas

Você já percebeu que em filmes e novelas há cenas de mulheres grávidas desmaiando? Isso não é apenas fixação. Esse aumento da produção hormonal pode causar tonturas e até desmaios.

No caso das tonturas, é possível tomar algumas medidas para evitá-las ou mesmo para proteção. Afinal de contas, há um risco muito grande de a mãe cair e machucar, especialmente na região da barriga. Vejamos o que pode ser feito:

  • Use roupas mais largas e confortáveis;
  • Evite ficar por longos períodos de pé;
  • Hidrate-se! Beba, pelo menos, 2 litros de água por dia;
  • Coma a cada 2 ou 3 horas alimentos saudáveis e ricos em fibras;
  • Sempre que estiver sentada ou deitada, levante-se lentamente evitando a chamada Hipotensão Ortostática — uma queda de pressão brusca que causa tonturas e perda de consciência.

 

Caso essa tontura se torne muito constante e venha acompanhada de dor abdominal e sangramento vaginal, procure um médico e conte a ele o que você está sentindo.

Terceiro mês de gravidez? Conheça mais sobre essa fase da gestação.

Há aumento de peso nessa fase? Sim, pode haver. Veja que falamos que “pode” e não que necessariamente você terá um ganho de peso. Provavelmente, você já deve saber que essa história de comer por dois já caiu por terra, não é mesmo?

Mas saiba que é possível que a partir da 12ª semana de gestação você ganhe de 2 a 5 kg. Há dois fatores que podem ocasionar esse ganho de peso:

  • O útero fica maior e, portanto, mais pesado;
  • Os enjoos tendem a melhorar e a gestante consegue comer mais.

Outros sintomas que podem acometer a gestante nessa fase:

  • Anemia: de fato, as gestantes, nessa fase inicial, podem ter anemia, pois o bebê necessita uma grande quantidade de sangue para se desenvolver. Fique de olho na alimentação e siga orientações médicas;
  • Azia: o útero aumenta de tamanho e toma espaço dentro do corpo da mulher, o que acaba comprimindo o estômago. Isso pode causar um pouco de refluxo e a sensação de ardor;
  • Acne e cabelos oleosos: a maior produção hormonal nessa fase também acaba gerando um excesso na produção de sebo pelo corpo. Resultado? Cabelos mais oleosos e surgimento de espinhas;
  • Corrimento vaginal: é normal que ele se intensifique, mas se sentir algum outro sintoma como ardor ou corrimento de cheiro ruim, consulte o médico;
  • Náuseas: tendem a diminuir, mas em algumas mulheres, podem durar até o final da gestação, ainda que com uma frequência menor;
  • Aumento dos seios: os seios começam a aumentar de tamanho e ficam menos sensíveis;
  • Estrias: os cuidados para evitá-las devem começar desde agora.

Quais exames são realizados nessa fase?

Nesta fase, ou seja ao final do primeiro trimestre de gestação, é recomendado pelo médico que se faça, entre a 12ª e 13ª semana de gestação, um exame de imagem chamado de Translucência Nucal.

Esse exame, feito por meio de uma ultrassonografia, mede a quantidade de líquido na cabeça do feto até logo abaixo do pescoço. Quando essa medida se encontra maior que o adequado, o profissional pode desconfiar de alterações cromossômicas, doenças genéticas ou ainda cardiopatias congênitas. Uma malformação que pode ser identificada neste exame, por exemplo, é a Síndrome de Down.

Quando há alguma má formação genética, é comum que o líquido amniótico na região da cabeça, especialmente da nuca, seja maior que o esperado. A partir disso, o especialista pode recomendar outros exames para confirmar algum diagnóstico, como uma amostra do sangue do bebê ou ainda do líquido amniótico.

Além desses exames, o médico também pode avaliar o histórico familiar da mãe, se há na família alterações genéticas e o grau de parentesco.

Já é possível saber o sexo do bebê com 12 semanas de gravidez?

É possível ter uma ideia, uma probabilidade do sexo do bebê com 12 semanas de gravidez, mas certeza mesmo, só a partir da 13ª semana. 

De fato, o resultado mais preciso não é possível, mas, pense que falta pouco para saber se o seu bebê será menino ou menina e começar os preparativos do enxoval e do quarto.

Chegou a hora de contar sobre a gravidez?

Essa é uma das principais dúvidas de quem chega ao final do primeiro trimestre. Afinal de contas, o maior risco de um aborto espontâneo já passou e muitos casais esperam justamente este momento para dar a notícia a amigos e familiares.

Falar antes pode causar ansiedade, e prejudicando algumas mulheres. Elas costumam ficar com algumas preocupações, como, por exemplo: “Contei para todos que estou grávida e se a gestação não for adiante?”.

Por isso, este pode ser o melhor momento para espalhar essa notícia tão maravilhosa, ou seja, ao final da 12ª semana de gestação.

Como deve ser o estilo de vida a partir de agora?

Siga uma dieta saudável: continue a consumir verduras, legumes e frutas, carnes magras, tanto brancas quanto vermelhas, alimentos integrais, oleaginosas e beba bastante água.

Evite ao máximo o consumo de bebidas ricas em açúcar como refrigerantes ou, até mesmo, aqueles sucos em caixinha. Mesmo as bebidas consideradas “livres de açúcar” muitas vezes possuem uma concentração elevada de açúcar.

A nossa recomendação é que você procure por um nutricionista e, se possível, que seja especialista em gestantes. Assim, será mais fácil seguir uma dieta única e exclusiva para este momento tão importante da vida.

Um assunto ainda delicado é quanto à prática de exercícios físicos: nos primeiros meses de gestação é aconselhável “pegar leve” pelo alto risco de aborto nessa fase. Converse com um especialista sobre a prática de atividades físicas, ele solicitará alguns exames para verificar se não há risco para a gestante ou para o bebê.

Terceiro mês de gestação: Conheça esta fase.

Se você está com 12 semanas de gravidez, saiba que esse é um momento de grande importância para você, seu bebê, o pai e toda sua família e amigos. Muitas emoções ainda estão por vir, mas, seguindo as orientações médicas e fazendo os exames nos momentos certos, sua gestação se desenrolará sem problemas.

Confira também o nosso conteúdo sobre como calcular a semana de gravidez, também conhecida como idade gestacional!

Quer ler mais conteúdos interessantes como este? Leia nosso blog:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O seu chá de bebê começa aqui

Faça sua lista de presentes e receba tudo em dinheiro.

ahh, montar sua lista é grátis ☺️