Umbigo do bebê: um passo a passo de como cuidar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O cuidado com o umbigo do bebê é uma das primeiras preocupações que mães e pais de primeira viagem têm quando chegam em casa com o recém nascido.

Antes de mais nada é importante entender que quando falamos de cuidados com o umbigo do bebê estamos na verdade nos referindo ao coto umbilical, que é aquele aquele pedacinho de carne que fica preso ao umbigo da criança assim que ela nasce.

Trata-se, na verdade, de um pedacinho do cordão umbilical, tão importante elemento de conexão entre a mãe e o bebê. Durante toda a gravidez é por meio deste canal que o bebê recebe da mãe o oxigênio e todos os nutrientes necessários ao seu desenvolvimento. E é também por meio do cordão que o feto elimina as toxinas.

Após o parto, de preferência quando para de pulsar, o cordão umbilical do bebê é grampeado e cortado. Pode ficar tranquila, porque esse procedimento é completamente indolor.

E então surge o coto, que deverá ser limpo e cuidado, até que seque e acabe caindo naturalmente.

Mas não precisa se preocupar. Cuidar do umbigo do bebê é super simples e com algumas dicas você irá tirar de letra essa tarefa. Vamos aprender?

Umbigo do bebê: passo a passo de como limpar

O principal cuidado que você precisará ter um relação ao umbigo do bebê é deixá-lo sempre limpo e bem sequinho, para que o processo de cicatrização aconteça.

Preparamos um passo a passo para ajudá-la com essa tarefa:

  • comece lavando muito bem as suas mãos
  • não tenha medo de limpar completamente. O bebê não sente nenhuma dor nesse momento. Se ele chorar, pode ser porque o álcool é gelado e não porque ele está sentindo nenhuma dor.
  • com uma das mãos, suspenda o coto e mantenha-o levantado.
  • com a outra mão, passe um cotonete embebido em álcool 70% por toda a base do coto, em todos os lados. Deve-se fazer movimentos circulares de dentro para fora. A intenção é arrastar para fora do umbigo todas as sujeirinhas e restinhos de sangue.
  • em seguida limpe o restante do coto, ou seja, a pele em contato com o grampo.
  • não reaproveite o cotonete durante a limpeza. Sempre que retirar o cotonete do contato com a pele, descarte-o e retome a limpeza com uma haste nova.

O uso do álcool 70% é para garantir que a região fique completamente esterilizada, livre de germes e bactérias. Ele também ajuda a deixar o coto sequinho, o que acelera o processo de cicatrização. Isso fará com que o coto caia mais rápido.

Em quanto tempo o umbigo do bebê cai?

Entre 7 e 21 dias o coto cairá naturalmente, deixando uma pequena feridinha no umbigo do bebê. Continue limpando com álcool 70% que em poucos dias já estará completamente cicatrizada. Mas não se preocupe muito com esses prazos. Eles são apenas números de referência, pois variam muito de criança para criança.

Quando o coto cair você poderá observar um pouco de sangue nas roupas do bebê ou durante as trocas de fraldas, mas não precisa se preocupar, pois isso é normal. Só se o sangramento for em grande quantidade e persistente, ou você observar uma “bolinha de carne”, que pode ser um granuloma, o médico da criança deverá ser consultado.

Cuidados especiais com o umbigo do bebê

iFraldas.com.br - cuidados com o umbigo do bebê
Fotografia: Mike Carter
  • evite ficar manipulando o coto umbilical desnecessariamente.
  • não há problema em molhar o umbigo do bebê durante o banho, desde que ele seja completamente seco depois.
  • a fralda só deve ser colocada no bebê quando o umbigo estiver bem sequinho.
  • tente dobrar a fralda para que ela não fique em contato com o coto. Uma boa alternativa são fraldas próprias para recém nascido, que têm espaço para o coto, impedindo o contato do umbigo com o xixi do bebê.
  • evite colocar uma faixa, cinta ou qualquer peça de roupa que impeça a área de respirar naturalmente.
  • a limpeza do umbigo do bebê deve ser realizada a cada troca de fralda e não apenas 3 vezes ao dia.
  • é importante usar apenas álcool 70% líquido, que você encontra em farmácias. Jamais confunda com álcool gel ou use qualquer outra substância.
  • nunca tente retirar o coto, mesmo que pareça que ele está preso apenas por um fio. É importante permitir que ele caia sozinho e naturalmente.

Deve-se observar se o local está vermelho, com mau cheiro ou apresenta alguma secreção. Esses casos podem, às vezes, indicar algum quadro infeccioso. Se você perceber algo nesse sentido, procure o pediatra do bebê, que irá avaliar a região e indicar como proceder.

Viu como é simples? Conseguimos esclarecer todas as suas dúvidas? Se você tiver achado útil, compartilhe esse post com alguma grávida que você conhece.

E veja mais artigos sobre o universo da gravidez em nosso Blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tarifas e prazos

Tarifas

No intuito de prestar o melhor serviço para nossos clientes com alta tecnologia e segurança, o iFraldas retém um percentual de 7,99% sobre o valor das fraldas virtuais recebidas. Além disso, se o seu convidado efetuar o pagamento por meio de cartão de crédito, o Pagar.me (intermediadora de pagamento) cobra um percentual de 3,99%, ou, no caso de boleto bancário o valor de R$ 3,80 por boleto pago.

Quando da solicitação do resgate, informamos que não é cobrada taxa para a transferência. No entanto, a partir do segundo resgate, caso ocorra, será cobrada a taxa de 7,90 reais por transferência.

Prazos

O prazo para resgate das transações realizadas por boleto bancário é de 3 dias úteis. O prazo para resgate no caso de transações realizadas por meio de cartão de crédito é de 33 dias corridos. Em ambos os casos, o prazo para o iFraldas realizar a transferência dos valores é de 3 dias úteis, a partir da data de solicitação.