5 semanas de gravidez: Tudo que você precisa saber

Tabela de conteúdo

Quando uma gestante está com 5 semanas de gravidez, ela ainda está cheia de dúvidas e anseios causados pelas mudanças no corpo e na cabeça.

Muitas mulheres descobrem que estão grávidas depois das primeiras 5 semanas de gravidez, outras, com menos tempo já conseguem perceber os sintomas causados por essa nova condição.

Gerar um filho traz um misto de sentimentos, indo do momento mais sublime de uma mulher, a meses de medos e inseguranças por não saber se vai dar conta de cuidar uma criança, se a saúde está em dia para ter uma gestação sadia, etc.

Vamos te contar o que acontece com uma mulher de 05 semanas de gravidez. Leia mais!

5 semanas de gravidez: Conheça este estágio da gravidez!

Quantos meses são 05 semanas de gravidez?

Se você é a mais nova mamãe do pedaço e está com 05 semanas de gestação, este é o artigo que vai tirar todas as suas dúvidas sobre esse período cheio de desafios, experiências e novos aprendizados.

Vamos começar falando sobre a calculadora da gravidez. É isso mesmo! Precisamos de uma calculadora por a gestação ser contada em semanas pelos médicos, e não em meses como costumamos falar popularmente.

Alguns exames podem indicar a quantidade de semanas de gravidez de uma gestante. Mas nenhum deles fala em quantos meses, não é verdade? E pasmem, uma coisa que era para ser simples, pode ser bem confuso.

A contagem de semanas começa no primeiro dia de atraso da última menstruação, e a data provável para o parto é dali a no máximo 40 semanas.

Testes rápidos de gravidez digital vendidos em farmácias, exame de sangue beta HCG quantitativo e ultrassonografia obstétrica, são exames que vão contar o tamanho do seu bebê e o tempo de sua gestação em semanas.

Mas vamos lá, se estamos falando das 5 primeiras semanas de gestação, isso significa que estamos discorrendo sobre uma gestação no começo do 2° mês, meados do primeiro trimestre.

Este é um período que demanda cuidados especiais da gestante, já que o bebê ainda está em fase de adaptação no útero da mãe. Alguns médicos podem até pedir um maior cuidado da gestante a depender da situação, como deixar de usar saltos e não andar de moto no primeiro trimestre, ou mesmo mais repouso.

Por isso é muito importante o acompanhamento do médico obstetra — a melhor pessoa para cuidar de você e do seu bebê durante a gestação!

O que acontece no corpo da mulher nas 05 primeiras semanas de gravidez?

O corpo da mulher começa a sentir os primeiros sintomas de mudança neste período, ela pode ficar mais sensível, seios doloridos, sintomas de cansaço, irritabilidade e enjoos principalmente no período da manhã. Mas ainda não consegue perceber mudanças no aumento da barriguinha, afinal o embrião está do tamanho de uma cabeça de alfinete.

Com 05 semanas de gravidez, o embrião começa a desenvolver seus rins, seu coração e seu sistema nervoso central. Entende agora porque uma gestante deve evitar situações que possam colocar seu bebê em risco?

Nesta fase, das 05 primeiras semanas, seu corpo está com mais de 1 milhão de células novas circulando por eles, e um muco é produzido pelo útero, que serve para proteger o bebê de infecções externas.

O bebê de 05 semanas na barriga da mãe

Essa é a fase dos primeiros exames e consultas com o obstetra, é hora também de cuidar da alimentação, comer o que é mais saudável, parar de fumar e de consumir bebida alcoólica. O uso de drogas é altamente prejudicial para a saúde e desenvolvimento do bebê.

Com 5 semanas de gravidez, seu bebê vai ficar parecido com o aspecto de um cavalo marinho, cabeça maior que o tronco, e as pernas e os braços ainda estão começando a se desenvolver.

As estruturas para os órgãos já estão sendo formadas, e já dá para ver todas as veias passando pelo seu pequeno corpinho, fazendo circular nutrientes e oxigênio entre mãe e filho através do cordão umbilical.

Quais são os cuidados que a mulher deve ter na 5° semana de gravidez?

Um dos maiores sintomas de uma grávida neste período, é o aumento do apetite, mesmo que você esteja enjoando e vomitando só de pensar em comida. Para evitar os enjoos provenientes deste período gestacional, é indicado se alimentar a cada 2 ou 3 horas. É justamente neste momento que o apetite estará maior, por isso é preciso ter controle sobre a qualidade e quantidade do que se come.

Muitas pessoas acham que estar grávida significa que pode ou deve comer por dois, para o bebê não passar fome na barriga da mãe. É por causa deste pensamento que muitas mamães chegam ao final da gestação muito acima do peso ideal, com diabete gestacional e com pressão alta.

Essas condições quando adquiridas, levam a um parto de risco. Então o mais correto é balancear a alimentação, evitar produtos com muito sódio, condimentos e muitos doces. Se houver a possibilidade, procure ajuda de um nutricionista gestacional.

Foque em comer frutas, verduras, grãos integrais, evitar frituras e refrigerantes, além de não consumir bebidas alcoólicas.

Mulheres que fazem acompanhamento da gravidez pelo SUS, podem e devem solicitar uma consulta com este profissional no Posto de Saúde da Família.

Exames realizados com 05 semanas de gravidez

A cada fase da gestação existem tipos de exames solicitados pelo médico obstetra que devem ser feitos:

Tipagem sanguínea

Mulheres que tenham sangue com fator RH negativo (A-, B-, Ab- ou O-), e estejam grávidas de bebês com sangue fator RH positivo (A+, B+, AB+ ou O+), precisam se informar sobre eritroblastose fetal.

Essa gestante deve receber injeção de imunoglobulina no terceiro trimestre (quando estiver perto do parto), e dentro das 72h após o parto, para evitar que o sistema imunológico da mãe produza anticorpos permanentes contra o fator RH.

As mulheres com fator RH positivo não precisam se preocupar com esse tipo de complicação da gravidez.

Hemograma completo

Avalia a presença de anemia ou de alguma infecção indesejada, além de alterações nas plaquetas. Essas preocupações são constantes na gestação e você pode repetir o hemograma completo em outras fases da gestação também

Glicemia

Assim como o hemograma completo, o exame de glicemia pode ser solicitado nos 3 semestres da gravidez. Ele analisa a quantidade de açúcar no sangue e pode detectar a diabete gestacional.

Sorologia para HIV

Este tipo de sorologia é solicitado no primeiro semestre e até antes de engravidar, nos chamados exames pré-concepcionais, para as mulheres que planejam a gravidez.

A sorologia para HIV detecta o vírus do HIV e deve ser repetido no segundo e terceiro semestre para ter certeza que a mãe não se infectou durante a gravidez.

Este exame é fundamental para que o bebê nasça protegido e em segurança, sem o risco de se infectar durante o parto.

Sorologia para toxoplasmose e rubéola

Analisa a presença de imunidade ou infecção pelo vírus da toxoplasmose e da rubéola. Necessário repetir no segundo e terceiro semestre da gestação.

Urina

Alterações do sedimento urinário, presença de sangramento ou alterações nos leucócitos podem sugerir infecções no organismo da gestante.

Os tipos mais específicos das infecções do trato urinário são investigados através da urocultura. Tanto o sumário de urina quanto a urocultura devem ser repetidos no segundo e no trimestre.

Parasitológico de fezes

Analisa a presença de parasitas, sendo aconselhado que se faça nos primeiros 3 semestres.

Ultrassonografia obstétrica transvaginal e ecografia

Para muitas mães, este é o exame mais esperado, pois analisa e confirma a quantidade de embriões, e em caso de gravidez gemelar, é possível saber se estão sendo gerados em uma ou duas placentas.

A cada fase da gestação, seu médico obstetra pode solicitar outros exames mais complexos ou mais simples, além de pedir repetição destes que realizará nas primeiras 5 semanas de gravidez.

Com 5 semanas de gravidez ainda não é possível saber o sexo do bebê nos exames de imagem, apenas será visto o saco gestacional, onde o líquido amniótico passa todo oxigênio e nutrientes para o bebê. Só mais tarde, a partir da 8° semana de gestação é que será possível saber o sexo através de ultrassom ou exame de sexagem fetal.

Nas primeiras 5 semanas de gravidez, ocorre um aumento nas dosagens dos hormônios de estrogênio e progesterona. Estes são os hormônios femininos essenciais para uma gravidez sadia, e que vai permitir que o útero se expanda cada vez mais, comprimindo a bexiga, provocando vontade de fazer xixi o tempo todo.

Gestantes nas primeiras 5 semanas de gravidez podem sentir algumas cólicas, mas se forem moderadas e sem sangramento, não devem se preocupar, pois, isso ocorre por decorrência do aumento do útero e deve passar após essa fase.

Alguns cuidados nas primeiras 5 semanas de gravidez

Por mais que você esteja rodeada de pessoas que já passaram várias vezes por uma gravidez, ouça e siga sempre as instruções do seu médico obstetra, e, além disso:

  • Só use medicamentos que o seu médico permitir;
  • Se aparecer cãibras e dores nas costas, tome banho morno e descanse. Uma soneca cai muito bem nessas horas;
  • Corte o tabagismo e álcool da sua vida.

 

As 5 primeiras semanas de gravidez podem ser desconfortáveis, mas lembre-se que cuidar de você é também cuidar do seu bebê!

Leia mais conteúdos como este:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O seu chá de bebê começa aqui

Faça sua lista de presentes e receba tudo em dinheiro.

ahh, montar sua lista é grátis ☺️